segunda-feira, 9 de junho de 2014

Fuzuê no Sertão Encantada


Espetáculo de Teatro de Bonecos com a estética do Mamulengo, para todas as idades!

Serviço:
Data: 13, 14 e 15, 27, 28 e 29 de junho (sextas, sábados e domingos).
Hora: 16h.
Local: Sala A2B2 – 2° andar CCMQ (Andradas, 736).
Ingressos: R$ 10,00, com 50% de desconto para idosos, estudantes e classe artística. Ingressos no local.
Gratuito para sócios UNIMA. Só apresentar carteira na portaria.



“Fuzuê no Sertão Encantado” é o espetáculo de mamulengos criado pelo artista bonequeiro piauiense Leandro Silva, inspirado em vivências, oficinas e rodas de conversas que promoveu pelo Nordeste – Piauí, Ceará, Maranhão e Alagoas – e finalizado durante sua residência artística no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, em Porto Alegre. Três atores fazem a manipulação dos bonecos da montagem, em cartaz de 13 a 15 e de 27 a 29 de junho, sempre de sextas a domingos, às 16h, na Sala A2B2 da Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ).

Ao longo de três, levado pelo fio condutor da imaginação e da energia da cultura popular nordestina, foram criados os personagens e esquetes individuais, que foram se amarrando e construindo a trama do espetáculo. Artistas e colaboradores gaúchos integram o formato atual do espetáculo, reafirmando o mamulengo como o Teatro Popular de Bonecos, de norte a sul do Brasil. O Grupo Fuzuê Teatro de Animação é formado por fazedores, experimentadores e curiosos do Teatro de Animação. Os membros participam de formação continuada através do Núcleo de Teatro de Animação do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo e se revezam de forma colaborativa como criadores, encenadores e produtores. A criação colaborativa, a convivência e a gestão compartilhada são as bases de seu trabalho.

Sinopse
Maneco tinha um xodó com Carminha, com quem sonhava se casar. Tal sentimento era motivo de uma ciumeira danada entre Maneco e seu melhor amigo, Mimoso, um risonho boi de estimação. Mas como nenhuma história de amor, destas que se passam no teatro ou no cinema, costumam ser fáceis, o personagem precisava vencer o seu maior desafio para ter a mão de Carminha em casório. Trata-se do feroz Coronel Tião, famoso na redondeza por arrancar tiras de couro dos lombos de rapazes abusados que ousassem chegar perto de sua filha.

Chuva no sertão! Cheirinho de terra molhada! Fartura e verde pra todo lado, e junto com o mato, cresceu no coração de Maneco o desejo de ter Carminha por esposa. E lá se foi ele, enfrentar o mau humorado Coronel Tião, que tinha fama de feroz e que nem era tão valente assim… Ambicioso e espantando com a audácia do brincalhão protagonista, Coronel Tião resolve pô-lo à prova, seja para se apoderar de um rico artefato, seja para garantir que sua Carminha se casasse com um homem corajoso e trabalhador. O segredo está lá escondido no Grotão da Serra Malhada. E Maneco está a caminho, acompanhado de seu fiel escudeiro, Boi Mimoso, para enfrentar uma fera misteriosa e finalmente se casar com o amor de sua vida.


Ficha Técnica:
Concepção, criação de mamulengos e direção artística: Leandro Silva
Manipulação de bonecos: Leandro Silva, Diane Barros e Fábio Schuch
Figurinos e adereços: Marion Santos
Direção musical: Richard Kümmel Lipke
Fotografia e vídeo: Núcleo de Audiovisual|Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo
Direção artística: Leandro Silva
Apoio produção executiva: Fábio Schuch
Realização: Grupo Fuzuê Teatro de Animação|Núcleo de Teatro de Animação do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo

Nenhum comentário: