quarta-feira, 4 de julho de 2012

Conversas, Cantos e Encontros

Encanto. Minha vida vai acontecendo através dos ventos que me levam para lugares que nem sempre sei o que são, certas vezes esses ventos possuem nome, um deles é ACTB. Sem questionar como, para quê e para onde, esse tal vento me levou para o 4º ABRACE O BONECO BRASIL em Maringá, lá encontrei um novo universo do Teatro de Formas Animadas brasileiro, encontrei com a história e seus fazedores, mestres e gerações – encontrei com os verdadeiros amantes... Um deles Sassá Moretti. Conversando com essa agradável companhia, me surpreendi com o convite de levar a pesquisa em Teatro Lambe-lambe, que realizamos no LATA/UnB, para o FITA. Com muita alegria apenas consegui responder que ADORARIA. Vontade... cartas.... e-mails... solicitações... tempo... assinaturas... dinheiro... passagens... PRONTO, que venha o FITA! Com o apoio da Universidade de Brasília, dia 22 de junho cheguei a Florianópolis de mala e cuia. Em uma outra cidade a sensação de estranheza logo se perdeu quando encontrei com os sorrisos e abraços da Sassá, Tadica e Ângela - rostos e histórias já conhecidas – pronto estava em casa!
Logo pela manhã do dia 23 de junho, no centro da cidade, o Cortejo abre o festival com bonecos feitos de todas as coisas que dançavam ao som do maracatu, e abria os sorrisos por quem ele passava – muita emoção de todos os que trabalharam, por um espaço de tempo talvez incontável, para essa festa acontecer.
Mais tarde as grandes e pequenas dimensões encantaram o público. Bonecos gigantes e caixinhas de lambe-lambe invadem o hall do Centro de Cultura e Eventos UFSC e é nesse momento que “Cirque du Solamento”, resultado da pesquisa realizada por Luciano Czar e Maysa Carvalho no Laboratório de Teatro de Formas Animadas – LATA/UnB, se mostra ao FITA Floripa 2012. Gratidão.
As palavras emocionadas de agradecimentos de Sassá Moretti e Zélia Sabino exprimem um pedacinho do que é organizar um evento como este, e assim dão inicio a 6ª Edição do FITA Floripa com o espetáculo “O Cano” do grupo Udi Grudi de Brasília- DF. A partir daí foi uma deliciosa overdose de arte, espetáculos pela manhã, tarde e noite, oficinas, palestras, lançamentos de livros e revistas, convivência com artistas de diversas partes do Brasil e do mundo, estudantes e professores, conversas e cantos nas praças, vans e hotel - oportunidade de trocas e conhecimentos. Uma bela universidade de emoção e aprendizado. Lançamento da 2º Edição da Revista Lambe-Lambe com Cia. Andante.
Posso dizer que meu estado de espírito durante a experiência de participar da 6ª edição do FITAFloripa foi de encantamento. Muito grata a todas as pessoas que fazem parte dessa experiência: ao Luciano Czar e todos os integrantes do LATA, às nossas coordenadoras, professoras e amigas Izabela Brochado e Kaise Helena, a ACTB, e a Sassá Moretti pela oportunidade e pelo empenho, amor e carinho com que realiza esse lindo Festival!
Pé de boneco, também fruto do encontro de Maringá - esperança de muitas outras brincadeiras vindas dessa pequena árvorezinha. Muda de Mulungu que está sendo cuidada pela Sassá.

Nenhum comentário: