sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Seguro de desemprego para artistas


Senado aprova seguro-desemprego para artistas e músicos

MÁRCIO FALCÃO
DE BRASÍLIA
http://www.folha.uol.com.br/&_methods=onPlusOne%2C_ready%2C_close%2C_open%2C_resizeMe" name="googleplusone" id="googleplusone" hspace="0" allowtransparency="true" style="position: static; left: 0pt; top: 0pt; width: 100px; height: 24px; visibility: visible; "> A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (21) projeto de lei que prevê a concessão de seguro-desemprego para artistas, músicos e técnicos em espetáculos de diversão.
Pela proposta, a categoria terá direito ao benefício no valor de um salário mínimo por até quatro meses. A medida deve beneficiar cerca de 65 mil trabalhadores.
O projeto foi analisado em decisão terminativa na comissão. Se não receber recurso para ser analisado em plenário em cinco dias, segue para tramitação no Câmara.
Quem quiser requisitar o auxílio terá de comprovar que trabalhou em atividades da área por, pelo menos, 60 dias nos 12 meses anteriores à data do pedido do benefício e que não está recebendo outro benefício previdenciário de prestação continuada ou auxílio-desemprego.
Outra exigência é que tenha efetuado os recolhimentos previdenciários relativos ao período de trabalho e que não tenha renda de qualquer natureza.
Segundo a relatora da proposta, senadora Ana Amélia (PP-RS), a categoria é sujeita a desemprego permanente, da ordem de 80 a 85%. Ela destacou ainda que as relações de trabalho nessas áreas geralmente são informais e de curta duração.
Na avaliação da senadora, apesar da imagem glamurizada, esses profissionais "se encontram em situação de grande vulnerabilidade social".
--
Conceição Rosière

Nenhum comentário: