terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Em Curitiba, bonequeiros de todo o país debateram propostas para o registro do Teatro de Bonecos como patrimônio cultural

Os integrantes do III Abrace o Boneco Brasil, em Curitiba, apresentaram ao deputado Angelo Vanhoni os resultados dos encontros para registro do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste, que aconteceram com recursos de emenda parlamentar de sua autoria. E entregaram duas novas propostas a serem levadas para o Câmara Federal: instituição do Dia Nacional do Teatro de Bonecos, e uma nova emenda orçamentária para implantação dos Centros de Referência de Teatro de Bonecos nas cinco regiões do país.
Curitiba sediou o III Abrace o Boneco Brasil, do dia 30 de novembro a 06 de dezembro, reunindo artistas do teatro de bonecos de todo o país. Além da troca de experiências, apresentações culturais, o encontro propiciou momentos de debate e reflexão sobre a valorização do Teatro de Bonecos como patrimônio cultural brasileiro.

No dia 04 de dezembro, aconteceu o debate no Teatro de Bonecos Dr. Botica, sobre Registro do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste: Mamulengo, Babau, João Redondo e Cassimiro. Claudia Vasquez, Técnica do Departamento de Patrimônio Imaterial do IPHAN, explicou como acontece o registro de um bem cultural como patrimônio – desde o pedido pela comunidade até a pesquisa, registro e o inventário. Enfatizou que todo o processo de registro e criação de um projeto de salvaguarda, como no caso do Teatro de Bonecos, é feito pela base social. Ou seja, com a concordância dos envolvidos no processo e principalmente com o envolvimento da comunidade. Em maio de 2009, o IPHAN acatou o pedido proposto pela Associação Brasileira de Teatro de Bonecos – ABTB, em realizar o Registro do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste como patrimônio cultural do Brasil, levando a criação de um plano de salvaguarda desta expressão cultural. A primeira etapa de registro já foi concluída, através da realização de dois encontros dos mestres brincantes da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Os resultados desta primeira fase foram apresentados através de imagens e dos relatos das pesquisadoras Amanda Viana (PB), e Maria das Graças Cavalcanti (RN).
Os encontros foram realizados com recursos provenientes de emenda parlamentar de autoria do deputado Ângelo Vanhoni. Presente no debate, recebeu das mãos de Renato Perré, um dos organizadores do evento, documento que solicita a instituição do Dia Nacional do Teatro de Bonecos, dia 27 de abril. A data foi escolhida por se tratar do dia da fundação da ABTB/UNIMA Brasil. Neste documento os bonequeiros solicitam também que se encaminhe uma nova emenda orçamentária para implantação dos Centros de Referência de Teatro de Bonecos nas cinco regiões do país.
O III Abrace o Boneco Brasil é uma iniciativa da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos em parceria com a Associação Paranaense de Teatro de Bonecos e apoio cultural das seguintes instituições: Funarte/Minc, Fundação Cultural de Curitiba, Secretaria de Estado da Cultura do Paraná e Universidade Federal do Paraná.



Assessoria de imprensa Dep Federal Angelo Vanhoni (41)92114915 Ana Carolina Caldas